compras.online

seguro crédito rural

seguro de crédito rural é um título de crédito emitido pelo produtor rural ou por suas associações, inclusive cooperativas, possibilitando que certa quantidade de mercadoria seja vendida antecipadamente. a emissão da CPR pode ser feita em qualquer fase do empreendimento pecuário ou agrícola, ou seja, pré-plantio, desenvolvimento, pré-colheita ou mesmo produto colhido.

 

a CPR é uma forma de financiamento do agronegócio, porque permite captação de recursos, principalmente para serem utilizados no custeio da atividade agropecuária.  

 

o produtor recebe o valor da venda à vista mediante compromisso de entrega do produto, nas especificações existentes no título, em data previamente estipulada.  

 

criada em 1994, a CPR pode ser negociada em mercado secundário, desde que tenha aval de uma instituição financeira ou seguro que cubra os riscos relacionados ao título. as instituições financeiras que concedem o aval para os produtores rurais que emitem o título são remuneradas com comissão sobre o valor envolvido.  

a diferenciação entre os três tipos de título oferecidos no mercado está na forma de liquidação, que deverá ser definida no momento da emissão.  

 

CPR entrega física – quando a liquidação se dá pela entrega efetiva do produto agrícola e/ou pecuário. O produtor rural vende antecipadamente parcela de sua produção e se obriga a entregar num vencimento futuro a quantidade de mercadoria negociada nas condições previstas na cédula. 

 

CPR liquidação financeira – quando a liquidação se dá por um preço ou índice de preço, conforme estiver estipulado na cédula. esta modalidade foi permitida a partir de 2001. o produtor rural capta recursos com base em parcela de sua produção e obriga-se a liquidar o título financeiramente em determinada data. no vencimento, em vez de entregar a mercadoria ao favorecido, o produtor rural liquida a CPR em dinheiro. de acordo com o que estiver previsto no título, a liquidação pode ser pelo preço do dia da mercadoria ou por preço fixo definido no momento da emissão da cédula.  

 

CPR exportação – quando a liquidação se dá pela entrega efetiva do produto agrícola e/ou pecuário, em condições de exportação. o produtor rural vende antecipadamente parte de sua produção a um importador não residente no país e obriga-se a entregar num vencimento futuro a quantidade de mercadoria negociada nas condições previstas na cédula.

  • para que serve um registro CPR?

o registro garante para os compradores a existência e a veracidade das características do título. mediante o registro, administradores de fundos de investimentos podem incluir esses papéis nas carteiras que administram e negociá-los nos mercados primário e secundário.

 

  • só os bancos que podem avaliar a CPR?

não. a CPR pode estar associada também a um seguro garantia fornecido por seguradora.

 

  • a CPR pode ser negociada antes da data da liquidação?

sim. além da negociação no mercado primário (quando o produtor rural capta recursos para financiar sua produção), os títulos podem ser negociados em mercado secundário ou utilizados para cobertura de margens de garantia em operações nos mercados futuros (quando o comprador da CPR deseja negociá-la para outro agente interessado). Para isso, os títulos devem ser registrados em sistema de registro e liquidação financeira, administrado por entidade autorizada pelo banco central.  

 

a partir desse registro, a CPR pode ser negociada tanto em mercado de balcão como no da bolsa brasileira de mercadorias. a sua negociação no mercado financeiro é isenta do imposto sobre operações financeiras (IOF).  

[exclusivo]

    você gostaria de incluir alguma observação?

    selecione os canais de comunicação de sua preferência - e clique no botão ENVIAR
    e-mailtelefone






























    [/exclusivo]

    atenção: este formulário será exibido somente para usuários logados. para obter um orçamento ideal, é imprescindível manter seus dados corretos e atualizados.